UM MBA RELACIONADO A INOVAÇÃO PODE SALVAR A MINHA CARREIRA?

O possível e o impossível

4 Dicas essenciais para ajudar você a resolver esta questão
(e um bônus no final)

Por Rubens Borges e André Coimbra Felix Cardoso

 

Esse artigo foi escrito para ajudar profissionais como você, que estão preocupados com seu futuro profissional. Para você que está buscando uma solução para sua carreira, está insatisfeito com a sua formação ou com o curso que está fazendo. Nas próximas linhas vamos apresentar elementos para te ajudar a responder às perguntas que a maioria das pessoas tem feito nos dias de hoje:

Como me adaptar para enfrentar esse mundo incerto e instável?”

“Como me tornar mais útil profissionalmente nesse cenário?”

“Um MBA realmente poderá me ajudar a manter a minha carreira atualizada e útil perante o mercado de trabalho?”

Por que essas são grandes preocupações da maioria dos profissionais atualmente? 

Não tem mais volta: hoje já temos tecnologia suficiente para substituir a metade dos postos de trabalho, e muitos profissionais que se formam hoje não terão mais utilidade em sua profissão num futuro próximo.

O fenômeno da mudança tecnológica, impulsionada por novos negócios baseados em tecnologia – no Brasil, alguns exemplos como: Axado, Conta Azul, Easy Taxi, PSafe e 99Taxis – desencadeia uma série de ameaças para empresas e profissionais que estão no mercado e não sabem o que fazer em relação a isso. Tal panorama gera um só sentimento: “o medo ante o desconhecido”. E o grito que se ouve é: “Nossas carreiras e empregos estão ameaçados!”

Como consequência, muitos profissionais com 10 ou 15 anos de formação estão enfrentando dificuldades de recolocação profissional, e muitos profissionais maduros, na faixa de 40/50 anos, estão sem rumo em relação à sua utilidade junto ao mercado.

QUAL É A CAUSA DESSA DIFICULDADE DE RECOLOCAÇÃO NO MERCADO?

A ameaça do desemprego – que paira sobre as muitas cabeças – resulta da ignorância e da incapacidade de lidar com a crise. Fomos moldados para repetir padrões pré-definidos e nossa capacidade de pensar está limitada a esta condição. Não sabemos operar e tampouco liderar a partir de um futuro emergente.

Dito isso, é essencial reconhecer que a perda da utilidade profissional está relacionada com a incapacidade de inovar e de predispor a sua empresa a fazer o mesmo. Ou seja, a condição da real estabilidade é a adaptação permanente. A experiência mostra que os indivíduos, as organizações e as sociedades morrem quando perdem a capacidade de aprender com o ambiente.

As empresas que citamos acima estão enfrentando esses problemas? Não. Por quê? Elas são fruto da capacidade de inovação aplicada pelos seus idealizadores.

A REVOLUÇÃO DA INOVAÇÃO

A inovação é algo que precisa ser desenvolvido, pelo simples fato de que ela não nasce espontaneamente, e nem tampouco fomos preparados para ela em nossa educação formal e profissional.

E a principal matéria-prima dos inovadores é um ambiente repleto de desafios e instabilidade. Isso porque os inovadores são aqueles que sabem converter a crise em oportunidade.

Então, o que fazer quando – no exato momento em que vivemos – as melhores oportunidades profissionais são para os que sabem inovar, ao passo que boa parte das nossas mentes não está preparada para isto?

PROCURA-SE: INOVADORES

Onde estão os profissionais que podem criar e inovar, que possam ajudar as empresas a manter a sua utilidade frente aos clientes, especialmente em tempos de crise?

E no seu caso, especificamente: será que a sua formação já lhe permite isto? Será que o curso que você está fazendo está lhe preparando adequadamente?

A oportunidade da qual estamos falando é o desafio atual das empresas em estar à frente das expectativas de seus clientes, provendo inovações constantemente que atendam às necessidades evolutivas dos mercados. As empresas precisam garantir a sua utilidade frente a evolução das expectativas dos clientes, frente às tendências de mercado.

As empresas precisam atualmente de profissionais:

A) Com capacidade de ver as oportunidades onde a maioria das pessoas não vê, pessoas que promovam em suas empresas novas possibilidades de negócio, pois a grande maioria das empresas está perdendo a sua utilidade no mercado.

B) Inovadores que usem a tecnologia para reduzir custos operacionais e para levar mais benefícios aos seus cientes. Novos produtos, melhores serviços.

Há uma oportunidade real no ambiente de negócios e podemos ajudar você a se preparar para se beneficiar dela!

 

AS 4 DICAS PARA VOCÊ RETOMAR O CONTROLE DA SUA UTILIDADE COMO PROFISSIONAL

Aqui vão as 4 dicas que prometi, e que com certeza eliminarão essa sensação desconfortável que você deve estar sentindo:

1) Assuma o controle da sua carreira

Encarar a realidade do mercado e pilotar o processo de adequação de sua utilidade junto a ele são responsabilidades suas. Não espere que a empresa que você trabalha irá fazer isto por você.

Busque conhecer-se melhor, seus potenciais ainda não desenvolvidos e cruze isto com as necessidades atuais do mercado. Daí poderão surgir reais oportunidades para o redirecionamento de sua carreira.

2) Adquira competências que sempre serão úteis, independentemente da evolução tecnológica

Algumas competências profissionais serão sempre úteis em qualquer que seja o nível de tecnologia em nossa sociedade estiver. São nelas que você precisa focar o seu desenvolvimento profissional.

3) Assuma uma postura de agente de mudanças

A única coisa que não mudará é que o mundo sempre estará em mudanças, e cada vez mais rápidas. As empresas estão procurando e valorizando planejam e pilotam as mudanças.

Posicione-se para ser um agente de mudanças! Esteja sempre do lado das soluções, e não do lado dos problemas. Aceite as mudanças como oportunidades para o desenvolvimento profissional.

4) Desenvolva suas competências para ser um agente de mudanças

Adquirir estas competência apenas pela leitura de livros, ou de treinamentos que apenas informam de forma teórica o que é um processo de mudanças, não é o suficiente.

Faça um curso de MBA que possa lhe “imantar” de experiências já vivenciadas, de práticas já validadas onde e que o foco do mesmo seja o de uma “Formação de Agentes de Mudança”, e não apenas de informações do que é um processo de mudança.

Aqui você deve investir em adquirir qualidade de conteúdo que possa realmente lhe capacitar, e não apenas em uma marca a ser colada em seu diploma.

Nesse artigo abordamos de forma sucinta os elementos essenciais que te ajudarão como profissional e a se recolocar adequadamente no mercado.

Para te ajudar de forma mais específica, preparamos um checklist gratuito, que gerará um diagnóstico completo sobre a situação da sua carreira, que irá ajudá-lo a se posicionar dentro deste cenário.

Sucesso é o que lhe desejamos, mas se não se movimentar, tudo vai mudar e em breve você estará perdendo a sua utilidade.

Gerar meu diagnóstico